Líder comunitário reclama de assaltos em feira livre

0
O líder comunitário pede mais segurança (Foto: Portal Infonet)

O líder comunitário da Associação dos Moradores Pró-Melhoria e Defesa do Conjunto Bugio, José Aragão Barroso, denunciou nesta quarta-feira, 8, a presença de bandidos armados na feira livre da comunidade, que ocorre aos domingos.

O alto índice de assaltos ocorre na feira realizada aos domingos e está assustando os vendedores e moradores da localidade. De acordo com o líder José Aragão, em menos de 15 dias, dois veículos foram roubados nas proximidades da feira.

“O último assalto que ocorreu foi de um feirante que tinha ido comprar frutas e quando retornou, tinham levado o carro dele. No último domingo, um feirante de caldo de cana também foi roubado na feira e ainda levou uma coronhada na cabeça. São mulheres tendo a bolsa e celular roubado”, diz.

Aragão afirma ainda que a solução será realizar rondas na localidade. “A polícia daqui não funciona e a delegacia fica fechada no domingo. A violência aumentou muito e vai chegar um momento em que os feirantes vão ter que dar dinheiro aos marginais para não serem assaltados”, afirma.

Segurança

Sobre a segurança no local, o comandante do Polícia Militar em Sergipe, coronel Maurício Iunes, informou que que polícia realizará abordagens na feira do Bugio, mas destacou que responsabilidade por tais abordagens em feiras livres da capital é da Guarda Municipal.

Em contato com o diretor geral da Guarda Municipal de Aracaju (GMA), coronel Enilson Aragão, o mesmo informou que há sim a possibilidade do efetivo da Guarda realizar rondas intinerantes na localidade em decorrência da demanda existente. Ele esclareceu ainda que a Guarda já realiza ronda no Mercado do Bugio e que vai encaminhar um efetivo para realizar rondas na feira.

Por Aisla Vasconcelos

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais