Lima garante: atendimento ao Ipes continua em parte da rede particular

0

O presidente do Ipes Saúde, José Lima, informou na manhã de hoje, em entrevista ao programa “Fala Sergipe”, da Atalaia AM, que o atendimento aos usuários do Ipes Saúde foi suspenso por apenas quatro hospitais e clínicas particulares: São Lucas, Santa Helena, Renascença e Prontoclínica. “Só recebemos comunicados oficiais destas unidades. Por outro lado, recebemos a garantia dos diretores dos hospitais Cirurgia, São José, Polícia Militar e Universitário que eles continuarão atendendo normalmente os segurado do Ipes”, informa. Ele negou que o atendimento foi suspenso pelos 17 hospitais e clínicas que integram a Associação de Hospitais e Clínicas Particulares. Segundo o presidente, os pacientes que tiverem cirurgias ou exames eletivos marcados para alguma das quatro unidades que suspenderam atendimento devem procurar o Instituto, para ter o atendimento redirecionado para os hospitais conveniados que ainda estão atendendo. “Encaminharemos os usuários para os hospitais automaticamente”, garante Lima. Ele também informou que hoje, às 11 horas, terá uma reunião com a Associação de Clínicas e Laboratórios onde deverá ser discutida a dívida do Ipes junto à mesma. Na última sexta-feira, dia 18, representantes de hospitais e clínicas particulares convocaram a imprensa para uma coletiva e informaram que a partir de hoje, dia 21, o atendimento médico e laboratorial dos procedimentos eletivos seriam suspenso. Os diretores das unidades também deram o prazo, até o dia 20 de julho, para suspender os atendimentos de urgência e emergência. Eles alegam que o Ipes deve cerca de R$ 10 milhões em faturas atrasadas desde janeiro. Saiba mais sobre a suspensão no atendimento aos usuários do Ipes.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais