Mãe reclama de demora durante liberação de corpo no IML

0
Márcia lamentou ter que enterrar o corpo do filho sem um velório (Fotos: Portal Infonet)

A dona de casa, Márcia Cristina Goes Conceição denuncia que passou mais de quatro horas tentando liberar o corpo do filho no Instituto Médico Legal (IML). A equipe do Portal Infonet conversou na tarde deste sábado com a mãe que relatou que chegou ao IML com a documentação para a liberação do corpo às 11h30.

“Quando cheguei aqui, a pessoa responsável estava saindo para almoçar e não liberou o corpo do meu filho. Agora vou ter que enterrar sem o velório. Vamos sair daqui direto para o cemitério”, disse.

Ainda segundo Márcia, o corpo só foi liberado às 16h. “Somente agora às 16h é que o corpo foi liberado. Isso é uma bagunça, uma falta de respeito com a família das vítimas”, fala.

Márcia Cristina é mãe de Ismael Conceição Souza, de 20 anos. O jovem morreu na noite da última sexta-feira, 30, no município de Estância, durante operação da Polícia Civil. O fato já foi noticiado pelo Portal Infonet.

Ismael Conceição Souza, de 20 anos

A equipe do Portal Infonet tentou contato com a direção do IML por telefone, mas apesar das ligações consecutivas não tivemos êxito. Continuamos a disposição por meio do jornalismo@infonet.com.br ou (079) 21068000.

Por Kátia Susanna

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais