Mais de 30 mil mídias piratas apreendidas em 2009

0

A Prefeitura de Aracaju, através da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), realiza diariamente operações contra o comércio de CDs e DVDs piratas. Somente este ano, já foram apreendidos 30.891 produtos. As ações acontecem em diversos pontos da capital e contam com a participação de 20 fiscais da Emsurb, além de agentes da Guarda Municipal.

Segundo o gerente de Espaços Públicos da Emsurb, Antônio Pereira, a equipe percorre toda a cidade. “A maior parte das fiscalizações acontece no Centro, onde encontramos uma maior quantidade de mercadorias pirateadas. Em agosto, por exemplo, em uma única operação apreendemos 14 mil produtos”, destacou.

A fiscalização da Emsurb também visa o cumprimento da lei municipal 1.500/89, que proíbe o comércio ambulante em distância inferior a cinco metros das esquinas, nos abrigos de transporte coletivo e nas calçadas com largura inferior a dois metros.

A inspeção já passou pelos conjuntos Orlando Dantas e Augusto Franco, pelos bairros Coroa do Meio, 18 do Forte, Santo Antônio, Santos Dumont, Bugio, Agamenon, José Conrado de Araújo, América, Siqueira Campos e Centro. Também já houve operações na avenida Francisco Porto, além de shoppings e supermercados. O material apreendido pela Prefeitura é inutilizado e doado para a Cooperativa de Agentes Autônomos de Reciclagem de Aracaju (Care).

Reconhecimento

No mês de junho, a Associação Antipirataria Cinema e Música (APCM), que congrega associações distribuidoras de películas no Brasil, enviou um ofício ao município externando agradecimentos pelo trabalho de combate à pirataria desenvolvido em Aracaju pela Emsurb.

“Sempre somos acionados para agir no combate à pirataria e de alguma forma contribuímos para diminuir a venda desses produtos em Aracaju”, reforça Pereira, lembrando que o trabalho é feito em parceria com o Ministério Público Estadual.

AAN

Comentários