Mais de 700 animais são apreendidos em SE durante operação da PRF

Mais de 700 animais são apreendidos em SE durante operação da PRF (Foto: PRF)

Ao longo de cinco dias de operação em Sergipe contra a prática de crimes ambientais, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu mais de 700 animais. Segundo a PRF, a força-tarefa foi realizada entre os dias 26 de fevereiro e 1º de março, em diversos municípios sergipanos, com o objetivo de fiscalizar e combater ilícitos ambientais e socioambientais, especialmente aqueles associados ao tráfico de animais silvestres.

A PRF diz que em torno de 70 pessoas foram autuadas por caçar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente, com possibilidade de detenção de seis meses a um ano, e aplicação de multa. Elas assinaram Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCOs) comprometendo-se a comparecer em juízo quando intimadas.

Além disso, mais de 700 animais foram apreendidos, dentre eles répteis como Tatu, Jabutis-Piranga e pássaros de diversas espécies como Papa-capim, Tico-Tico, Tuim, Cardeal-do-nordeste e outras.

Cerca de 500 pássaros foram libertados de volta à mata atlântica, local seguro e apropriado. Já os répteis foram entregues no CETAS/IBAMA-SE para os devidos cuidados.

Ação conjunta

A ação contou com reforço de equipes PRFs de outros estados, além da parceria da Administração Estadual do Meio Ambiente – ADEMA e do apoio do Centro de Triagem de Animais Silvestres – CETAS do IBAMA-SE, da Guarda Municipal de Estância/SE e da ONG Freeland Brasil.

por João Paulo Schneider

Com informações da PRF

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais