Mais um assalto a ônibus é registrado em Aracaju

0
Vítima relata transtorno duplo: assalto e correria para fazer B.O (Foto: Portal Infonet) 

Um novo assalto a ônibus do transporte público da Grande Aracaju foi registrado na tarde desta sexta-feira, 23. A ocorrência foi próximo ao final de linha do conjunto Bugio, na linha 001 que faz a rota entre os conjuntos Augusto Franco e Bugio. Havia apenas um passageiro no ônibus. O bandido levou o celular dela e a renda em posse da cobradora.

Em contato com nossa reportagem, uma das vítimas falou que o roubo foi efetuado por um único assaltante. “Ele calmamente anunciou o assalto. Estava com revólver, pediu o celular e o dinheiro do ônibus”, explicou a mulher que pediu para não ser identificada.

O segundo momento de transtorno, segundo a vítima, ocorreu após o assalto. “Eu fui na 3ª delegacia, que fica ali na ‘Maracaju’, mas lá me disseram que não poderia ser feito o boletim de ocorrência porque não era na região do assalto. Fui até a 8ª delegacia, e novamente me informaram que lá não realizava B.O. porque era um anexo. Até que a empresa [de ônibus] nos levou até a delegacia no Augusto Franco. Foi lá onde conseguimos prestar o B.O.”, detalhou a vítima.

SSP/SE

A assessoria de comunicação da Secretaria de Segurança Pública (SSP/SE), após contato com nossa reportagem, apurou as informações da vítima com a coordenadora de Polícia Civil da Capital (Copcal), a delegada Viviane Pessoa. Segundo o setor, as informações apuradas são de que na 3ª DM, as vítimas foram instruídas a ir para a 8ª DM, que cobre a região onde ocorreu o assalto. Na 8ª DM, a informação é de que nenhuma vítima de roubo a ônibus esteve no local.

A assessoria de comunicação reforçou que a delegada Viviane Pessoa se disponibiliza para receber a vítima pessoalmente na segunda-feira, 26, na sede da Coordenadoria da Polícia Civil, anexa ao prédio da SSP, para esclarecer os fatos e prestar assistência.

Por Ícaro Novaes

A matéria foi alterada na segunda-feira, 26, às 09h32, para retirada do nome da vítima. Ela solicitou a mudança com medo de represália dos próprios assaltantes.

Comentários