Manifestantes de Sergipe e Alagoas fecham a ponte de Propriá

0

A ponte sobre o Rio São Francisco, localizada no município de Propriá, foi palco na manhã de hoje, 10, para uma manifestação organizada por movimentos sociais de Sergipe e Alagoas, entre eles o Movimento dos Sem Terra, organizações de pequenos agricultores e Central Única dos Trabalhadores (CUT). A ponte ficou parcialmente bloqueada durante quatro horas.  

O objetivo dos manifestantes foi chamar a atenção para diversos problemas enfrentados pela população do semi-árido e sensibilizara as pessoas para aderirem à luta contra a transposição, encabeçada pelo bispo Dom Cappio, que há 14 dias está em greve de fome.

 

“Acredito que o nosso manifesto cumpriu o papel de sensibilizar a sociedade e tentar abrir o diálogo para a discussão do projeto da transposição”, declarou o presidente da CUT/SE, Antônio Góis.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais