Manifestantes em Aracaju fazem ato em defesa da Amazônia

0
Ato ocorreu na Praça General Valadão (Fotos: Portal Infonet)

 

Flávio Marcel destaca que as pessoas estão buscando soluções para o meio ambiente

Manifestantes se reuniram na tarde deste sábado, 24, na Praça General Valadão, no Centro de Aracaju para um ato em defesa da Amazônia. A mobilização, motivada pelas recentes queimadas na floresta, está acontecendo em diversas cidades do país.

Flávio Marcel, representante do Movimento em defesa da Lagoa Doce, conta que os manifestantes se reuniram para buscar soluções para os problemas do meio ambiente das queimadas na Amazônia. “Percebemos que há vários movimentos sociais, ambientalistas, estudantes e profissionais em geral que estão preocupados com a situação do meio ambiente, mas não têm oportunidade para se colocaram contra toda essa destruição. Então, nos reunimos nesto ato simbólico para escutar as propostas, fazer um apanhado delas e decidimos como faremos as mobilizações. Já está certo que faremos uma nova plenária, na qual vamos convidar mais pessoas da sociedade civil organizada e também parlamentares para que possamos debater uma solução para os problemas ambientais locais e da Amazônia”, explica.

Ariel Dantas, do Movimento Praia Lima

O ato também contou com a presença de representantes do Movimento Praia Lima. “Estamos protestando contra os ataques ao meio ambiente e mostrando que Sergipe tem representantes nesta luta. O governo precisa se alertar e parar com essas destruições ambientais. Acreditamos que as mobilizações terão um resultado efetivo, pois o povo exige, fiscaliza e cobra do Governo uma solução”, comenta Ariel Dantas, integrante do movimento.

Tereza defende uso equilibrado dos recursos naturais

A funcionária pública Tereza Oliveira ressalta que é o homem precisa buscar o equilíbrio na hora de usufrui dos recursos naturais. A sociedade começou a perceber que há um processo indiscriminado e danoso de destruição e apropriação dos recursos naturais. As pessoas também estão percebendo que é preciso encontrar um equilíbrio entre o estilo de desenvolvimento da sociedade e uso equilibrado dos recursos naturais dentro de um ecossistema do qual o homem faz parte. Por muito tempo, se imaginou que os recursos estavam à disposição do homem, mas de quatro décadas para cá, isso mudou. Então, é preciso buscar uma relação equitativa entre homem e natureza, assim como homem e mulher, sem exploração e com sobrevivência, harmonia e equilíbrio.

Deputada Kitty Lima disse que pretende apoiar a causa ambiental

A deputada Kitty Lima participou da mobilização e destacou que pretende apoiar a causa. “O movimento Salve Amazônia está sendo forte aqui no Estado, tanto que reunimos um grande número de pessoas. Queremos invadir a Alese e mostrar que as pauta ambientais arquivadas devem entrar em disucssão, pois em nosso Estado a situação do meio ambiente não é diferente daquilo que está ocorrendo nacionalmente. Como representante do povo, entendo que essa pauta é prioridade e que devemos lutar para que o movimento cresça e não se encerre aqui”.

 

Em Aracaju, o próximo ato em defesa da Amazônia acontece no sábado, 31 de agosto, a partir das 15h, no Parque da Sementeira.

 

por Verlane Estácio

Comentários