Manifestantes interrompem trânsito na zona sul

0
Manifestantes interrompem tráfego na Adélia Franco (Fotos: Cássia Santana/Portal Infonet)

A manifestação ‘Acorda Aracaju’ ganhou outras proporções no Terminal de Integração do Distrito Industrial de Aracaju, na zona sul da capital. Parte dos manifestantes fecharam trecho da avenida Adélia Franco, queimando galhos de árvores, causando grandes transtornos. Um grupo que fechou o trecho da avenida nem sabia explicar os motivos da manifestação. “Não tem nome não. É o movimento do povo”, reagiu um jovem, que optou por não se identificar. “Não quero dar entrevistas”, disse, encerrando a conversa com a equipe do Portal Infonet.

Um rapaz armado com pedaços de pau deixou motoristas e usuários do sistema de transporte em pânico. “Eu sou do movimento do busu”, disse, ao ser abordado pela reportagem do Portal Infonet. “O nome? Ah! Me esqueci”, continuou, identificando-se como Wilton Batista. Ele disse que os pedaços de madeira seriam usados para espancar alguém que o perturbasse.

Superlotação

Manifestante armado com pedaços de pau causa pânico

No terminal de integração, os usuários se amontoavam aguardando ônibus e os poucos que passaram estavam superlotados. O pedreiro Isaías Melquíades, 61, e o auxiliar de mecânica Marquivel Santos Silva, 27, informaram que estavam no ponto há 4 horas e meia esperando um coletivo para seguir para o Inácio Barbosa. “Perguntei ao fiscal se tinha ônibus, mas ele disse que não sabia porque era de outra empresa”, contou o pedreiro. 

Por Cássia Santana

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais