Manifestantes usam pneus e pedras para fechar Av. Euclides Figueiredo

Manifestantes usam pneus e pedras para fechar Av. Euclides Figueiredo (Foto: redes sociais)

Um grupo de manifestantes se reúnem em protesto na manhã desta quarta-feira, 10, nas imediações da Av. Euclides Figueiredo, no trecho que liga ao bairro Porto Dantas, na zona norte de Aracaju. Para obstruir o fluxo de trânsito no local os populares usaram pneus queimados, pedras e galhos de árvore.

Os manifestantes cobram a retomada de uma obra de pavimentação, no Loteamento Copacabana, que segundo eles está abandonada há seis meses.

Os populares alegam que quando chove algumas casas da região ficam alagadas e outras apresentam rachaduras. Diante desses transtornos causados pela obra inacabada, os moradores da localidade resolveram se unir para chamar a atenção dos agentes públicos para a resolução do problema.

De acordo com informações da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) de Aracaju os dois sentidos da Av. Euclides Figueiredo seguem bloqueados.

O que diz a Prefeitura

A Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb) informa que, ao iniciar a obra no Loteamento Copacabana, foi constatado que seria necessário alargar o canal, que corta a avenida Euclides Figueiredo e que receberá as águas pluviais da localidade. Por isso, foi necessário suspender a obra de infraestrutura e iniciar o alargamento do canal para resolver o problema verificado. Feito isso, a obra, que contempla oito ruas com rede de drenagem, pavimentação, acessibilidade, passeios e iluminação em LED, além da ligação da rede de esgoto a todas as unidades habitacionais, poderá ser retomada, o que será realizado na próxima segunda-feira.

A Prefeitura informa também que representantes da comunidade serão recebidos pelos secretários de Governo, Hallison Sousa, e de infraestrutura, Sérgio Ferrari, na manhã de hoje, para que possa ser apresentada esta situação.

Para a infraestrutura do Loteamento Copacabana, a Prefeitura investe R$ 3.620.694,99 em recursos próprios.

por João Paulo Schneider 

*A matéria foi alterada às 08h56 do dia 10/01 para acréscimo de posição da PMA
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais