Mantida a verticalização

0

O Supremo Tribunal Federal – STF – recusou-se a apreciar a decisão do Superior Tribunal Eleitoral – STE – e manteve a chamada verticalização já para as eleições deste ano. O partido que fizer uma coligação federal terá que obedecê-la em todos os Estados. Em Sergipe, a decisão foi, sem dúvida, boa para o PSDB, mas péssima para o PFL. Como o PMDB deverá apoiar o PSDB de José Serra, aqui fica difícil ao partido não se manifestar solidário ao deputado estadual Bosco Costa. É bem verdade que um pedaço do PMDB tendia para o PFL, que estaria tentado a dar o cargo de vice-governador ao partido. Nomes importantes do PMDB – como Antônio Carlos Franco e Benedito Figueiredo – não vão poder subir no palanque de João Alves Filho: as conversas já iam adiantadas neste sentido, mas volta tudo à estaca zero. O PDT de Almeida Lima gostaria de apoiar o PFL de João Alves, mas não vai poder. Complicado ficou para o PPS. Na área federal, o partido namora o PFL. Se ocorrer esta coligação, como ficarão os pepistas por aqui? Fabiano Oliveira no palanque de João Alves? Nem dá para imaginar… Já se fala em “coligação branca”: o partido coliga-se na área federal, mas nos Estados deixa correr solto. O perigo que isto trará é a denúncia de infidelidade partidária.

Comentários