Marcha do Trabalhador Rural reúne milhares de pessoas

0

Milhares de pessoas participaram da Marcha do Trabalhador Rural (Fotos: Assessoria de Imprensa/Deputado João Daniel)

Trabalhadores marcharam pelas ruas de Aracaju

A Marcha do Trabalhador Rural em Sergipe reuniu milhares de pessoas nesta terça-feira, 25, em Aracaju. Houve ato em frente à sede do Incra e na Praça General Valadão, no centro da capital sergipana.

A principal insatisfação dos trabalhadores é com contingenciamento dos recursos destinados à reforma agrária no Brasil. “Nosso ato defende a reforma agrária e denuncia o descaso do Governo Federal com o Incra e, consequentemente, com as famílias”, explica Gileno Damascena, coordenador nacional do MST em Sergipe.

Gileno explica que os problemas afetam diretamente às famílias acampadas e também aquelas que já estão assentadas. “Hoje o Brasil tem 120 mil famílias acampadas, mas o Governo Federal está paralisando e acabando com as possiblidades de assentar novas famílias. Uma medida do TCU bloqueou a relação de beneficiados do Incra e com isso, muitas famílias estão impossibilitar de acessar créditos, habitação e desenvolver atividades no assentamento”, comenta.

Dados do MST em Sergipe apontam que o estado tem 7 mil famílias acampadas e 12 mil assentadas. O ato desta terça-feira contou com aproximadamente 9 mil pessoas, conforme dados da organização do evento. Além da reforma agrária, o ato pede a saída do presidente Michel Temes e a realização das Diretas Já.

Por Verlane Estácio

Comentários