Marchante: desaparecimento pode ter relação com vingança

0

Familiares do marchante Paulo Sérgio Machado, 27 anos, foram recebidos na manhã desta segunda-feira, 16, pelo diretor da Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (Copci), delegado Fernando Melo. Os parentes vieram pedir apoio da polícia para encontrar o marchante que está desaparecido há seis dias.

Em depoimento prestado no cartório da Copci, o irmão do marchante contou detalhes sobre o envolvimento de Paulo Sérgio com pessoas da região e afirmou que ele havia sido ameaçado por conta de uma dívida que demorou a ser paga.

Ao final do depoimento, o delegado Fernando Melo, remeteu o caso para responsabilidade do delegado Regional de Nossa Senhora da Glória. “Pedimos empenho nas investigações e com base nas informações apuradas até o momento a polícia já entra no caso com algumas linhas de trabalho definidas”, explicou.

Segundo relatos dos familiares, Paulo Sérgio saiu de casa no município de Itabi para Aquidabã a fim de comprar gado. A motocicleta que pilotava quando saiu de casa foi encontrada no lixão do município de Aquidabã.

Com informações da SSP

Comentários