Match Point vence fase estadual do Desafio Sebrae em Sergipe

0

João Melo, estudante do curso ciência da computação, Tomás Lima, curso de direito, Alan Vinícius, curso engenharia elétrica e Tiago Lima, curso agronomia, foram os grandes vencedores da fase estadual do Desafio Sebrae 2004. Eles estarão embarcando no início da próxima semana para Maceió, onde acontecerá no período de 4 a 7 de novembro a semi final nacional da competição virtual.


Em Alagoas, a Match Point competirá com as equipes vencedoras dos outros estados. Os oito finalistas dessa próxima fase irão no final de novembro para Brasília, onde acontecerá a final nacional do Desafio Sebrae. A entrega da premiação estadual aconteceu na noite dessa quarta feira, dia 27, no Tequila Café. A segunda colocação ficou com a equipe CCV e a terceira com I-TEC.

 

Ambas as equipes terão direito a cursos da Unidade de Educação e Desenvolvimento da Cultura Empreendedora do Sebrae em Sergipe, kits de educação à distância e brindes da vivo. Já os integrantes da equipe vencedora ganharam troféus e celulares da Vivo. Podem participar do “Jogo de Empresas” estudantes universitários de graduação devidamente matriculados em instituições de ensino superior reconhecidas pelo MEC, não tendo limitações relativas à idade, curso ou período.

 

As equipes são formadas de três a cinco estudantes, com no máximo dois alunos veteranos que já tenham participado da competição. Nessa quinta versão do jogo, Sergipe teve 1.098 alunos inscritos. O Estado ficou em segundo lugar no Nordeste em números de inscrições e em quarto no Brasil. Além de ultrapassar em mais de 15% a meta, saiu de Sergipe uma das inscrições mais interessantes do Desafio Sebrae 2004.

 

Trata-se da equipe Moraval, formada por José Morales Martins Junior, João Valmir de Souza e Raimundo Ferreira Silva, três pessoas determinadas que não se intimidam com os desafios por causa da idade. Com 81 anos de idade, José Morales é o mais velho e líder do trio seguido por João Valmir, 68 e Raimundo Silva, 62. Juntos, formam 211 anos de experiência de vida e competiram de igual para igual com as outras equipes.

 

Esse jogo virtual, explica o superintendente do Sebrae em Sergipe, Zezinho Guimarães, “permite aos universitários a simulação de um ambiente de negócios, onde os participantes devem tomar decisões gerencias e disputar com outras empresas em um mercado competitivo, vivenciando situações semelhantes as da vida real, em curto espaço de tempo e sem riscos e conseqüências das decisões do mundo dos negócios”. 

A organização dessa competição cultural esta sob a responsabilidade do Sistema Sebrae, em parceria com a Coordenação dos Programas de Pós – Graduação em Engenharia da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Informações no Sebrae em Sergipe, na Unidade de Educação e Desenvolvimento da Cultura Empreendedora.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais