Médica presta queixa contra retaliações

0

Boletim registra retaliações sofrida pela médica
Na tarde desta segunda-feira, 9, um Boletim de Ocorrência registrado pelo marido da médica Ana Flávia Pinto Silva, acusada de racismo contra um funcionário da empresa aérea Gol, no mês passado, foi divulgado pelo advogado Emanuel Cacho. A queixa foi prestada no último sábado, 7, pelo marido de Ana Flávia.

O documento menciona ameaças sofridas pela médica e seu esposo, segundo o advogado, nos últimos cinco dias. Além de serem apontados em lugares públicos, o casal revelou ter recebido retaliações também em telefonemas sem identificação. “Ela não pode nem mais sair às ruas. Houve exageros e agora o que estão fazendo com ela também é crime”, diz o advogado.

Ainda segundo o advogado, será enviado à Justiça um requerimento pedindo proteção à médica, com o intuído de preservar a integridade física dela. “O que estão fazendo em sites, blogs e comentários é incitação à injúria e ao racismo. Estamos trabalhando para tomar medidas contra isso também”, acrescenta.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais