Menina de 14 anos é libertada após três dias em cárcere privado

0
A operação mobilizou agentes do Getam (Foto: arquivo/ Portal Infonet)

Uma menina de 14 anos foi libertada no final da manhã desta quarta-feira, 18, após passar três dias em cárcere privado num barraco em Nossa Senhora do Socorro, Grande Aracaju. Segundo informações do Grupamento Tático Aéreo (Getam) dois suspeitos de manterem a adolescente privada da liberdade morreram em confronto durante a operação policial de resgate da vítima.

De acordo com as informações do cabo Josimar, do Getam, policiais realizavam patrulhamento de rotina no bairro Soledade, zona norte da capital, quando foram questionados pela mãe da menina se eles estavam à procura da garota. “Até aquele momento nós não tínhamos conhecimento sobre o caso. Após conversar com a mãe da menina, entramos em contato com o Ciosp, pedimos reforços e iniciamos a operação de resgate”, resume.

Ainda segundo o PM, as informações passadas pela mãe da vítima foram importantes para a localização da menina. “Ela nos deu detalhes do carro em que os suspeitos estavam e qual direção eles seguiram”, conta. Depois de iniciar um processo de abordagem, cabo Josimar conta que os agentes do Getam conseguiram alcançar o carro onde os suspeitos estavam.

“Assim que conseguimos nos aproximar do carro, um dos indivíduos saiu do veículo e começou a atirar nos policiais. A partir desse momento, foi revidada a injusta agressão e os suspeitos foram alvejados por disparos. A Samu foi acionada. Eles foram encaminhados para o Huse. Mas vieram a óbito”, afirma.

Após esse confronto, o PM conta que a menina foi encontrada em Nossa Senhora do Socorro. “Em posse de outras informações, localizamos a adolescente em uma situação bastante difícil. A menina nos contou que havia três dias que estava naquele lugar e que um dos suspeitos havia dito que iria matá-la hoje. Felizmente conseguimos impedir que isso acontecesse”, resume cabo Josimar.

por João Paulo Schneider 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais