Mercado Albano Franco pode ser interditado

0

O presidente do Sindicato dos Feirantes de Aracaju, Pedro Tavares, irá pedir em reunião que acontece no ministério Público, a interdição do mercado Albano Franco. Motivo: falta quase tudo no mercado – higiene, energia nos balcões frigoríficos e refrigeração nas carnes. Pedro Tavares vai solicitar que a área de venda de carne seja fechada por pelo menos 120 dias. Participam da reunião, quase 400 feirantes, a Promotoria de Defesa do Consumidor e a Empresa Municipal de Urbanização – Emsurb -. O governador Albano Franco e o ex-prefeito João Gama, na época de inauguração, prometeram que as normas de higiene seriam obedecidas, que o espaço seria suficiente ao bom funcionamento das atividades dos feirantes, que os consumidores teriam conforto nas compras e as vendas irão aumentar. Não é bem isso que os feirantes dizem: os balcões frigoríficos são pequenos, reinam ratos e baratas pelo local, dentre outros problemas. O que faltou à época de edificação? Maiores estudos técnicos, maior planejamento ou atenção com o trabalho?

Comentários