Mini Usinas de Etanol e Sorgo Sacarino são temas de palestra

0

Na próxima terça-feira, 29, a Secretaria de Estado do Planejamento, Habitação e do Desenvolvimento Urbano (Seplan) promove no auditório da Empresa de Desenvolvimento Sustentável (Pronese), palestra sobre Mini Usinas de Etanol e Sorgo Sacarino. A partir das 10h, o engenheiro agrônomo da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Eduardo Cauduro Mallman fala sobre os projetos que já estão sendo desenvolvidos nessa área, na região sul do Brasil. Na ocasião ele apresenta a experiência da Usinas Sociais Inteligentes (USI), em que é  presidente.

 

Mallman, explica que indústria é uma pequena refinaria que pode produzir álcool (bioetanol) para ser usado diretamente nos veículos, ao custo de produção de apenas R$ 0,30. Segundo ele, o valor é altamente viável, já que o álcool na bomba custa em média R$ 1,70. A produção do álcool pela USI é à base de cana-de-açúcar e sorgo sacarino, mas também é possível utilizar batata doce e mandioca. São necessários em torno de 40 hectares de cana ou sorgo sacarino para manter a usina produzindo continuamente 400 litros/dia de etanol durante um ano. O investimento da usina instalada é de cerca de R$ 140 mil, incluindo um gerador movido a etanol.

 

Sorgo Scarino

 

O Sorgo Sacarino é uma planta de origem africana, pesquisada e desenvolvida pela Embrapa, com grande adaptabilidade climática. Na África é popularmente conhecido de ‘planta camelo’. Com um ciclo curto de 120 dias e com uma produtividade elevada, do processamento do sorgo obtém-se etanol, cilagem para ruminantes e grãos com baixo teor de tanino o que permite sua utilização na panificação.

 

USI      

 

As Usinas Sociais Inteligentes tem vários projetos em funcionamento no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina. Com o apoio do Banco Mundial (BIRD) já foi elaborado um projeto para implantação de Mini Usinas de Etanol e plantio de Sorgo Sacarino na Nigéria e Etiópia. As usinas são voltadas para atender comunidades carentes contribuindo com seu desenvolvimento e inclusão social.  

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais