Missa de PM será realizada nesta segunda

0

O caso está sendo investigado pelo DHPP Foto: Portal Infonet
Nesta segunda-feira, 26, familiares e amigos do sargento Genilson de Jesus, de 45 anos, assassinado no último dia 20, no bairro industrial, estarão reunidos na missa de 7º dia que será realizada às 19h na Capela de Santo Expedito, localizada na Rua 130, nº 10, Conjunto Albano Franco, no Município de Nossa Senhora do Socorro.

O crime está sendo investigado pelo Delegado da Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), Everton dos Santos, mas até o momento ninguém foi preso.

Crime

O sargento da polícia militar foi assassinado na noite de terça-feira, 20, no bairro industrial, por volta das 21h30. De acordo com informações registradas na Delegacia Plantonista, o homem identificado como Genilson de Jesus Menezes, 45 anos, foi assassinado após tentar ajudar um colega de trabalho, identificado como cabo da Polícia Militar (PM), Valtênisson Alves dos Santos, na perseguição de dois assaltantes.

Segundo informações registradas na delegacia, os assaltantes fugiram após trocarem tiros com os policiais, no Conjunto Manoel Preto, onde o sargento acabou morrendo. Já o cabo da Polícia Militar de Sergipe, foi ferido e encaminhado ao Hospital de Urgência e Emergência João Alves Filho (Huse).

Na tarde desta segunda-feira,26, a assessoria de comunicação do Huse, afirmou que o cabo da PM continua internado sem previsão de alta. A informação da assessoria é que o estado de saúde de Valtênisson Alves é estável.

Por Kátia Susanna

Comentários