Missa em ação de graças marca os 158 anos de Aracaju

0

Missa é prestigiada por fiéis e autoridades (Fotos: Portal Infonet)

Já nas primeiras horas da manhã deste domingo, 17, teve início as comemorações pelo aniversário de 158 anos da querida Aracaju. A festa começou bem cedo, com uma queima de fogos de artifícios na Colina do Santo Antônio.

A missa festiva ocorreu na igreja do Santo Antônio, na colina onde a cidade nasceu e foi celebrada pelo arcebispo Metropolitano de Aracaju, Dom José Palmeira Lessa, auxiliado pelo Frei Jonaldo Adelino de Souza. Dezenas de fiéis acompanharam a celebração qure contou ainda com a participação de diversas autoridades que fizeram questão de prestigiar a solenidade.

Bastante sorridente, o prefeito de Aracaju, João Alves Filho fez questão de destacar a alegria de morar na cidade de Aracaju. “Hoje é um dia de orgulho para todos aracajuanos. Nós temos que ter muita alegria em morar nessa capital que nasceu de um ato de coragem de um visionário Inácio Barbosa. Da coragem daquele homem, nasceu um povo valoroso, que soube ao longo desses 158 anos, construir uma cidade belíssima. Tem coisas a se fazer e vamos fazer juntos nesses quatro anos, mas é uma cidade que orgulha a todos nós. Todos dizem que Aracaju é uma agradável surpresa”, acredita o prefeito.

Arcebispo cumprimenta prefeito João Alves

O arcebispo de Aracaju, Dom José Palmeira Lessa agradeceu pelos 158 anos da cidade e pediu empenho aos governantes. “Nessa missa queremos de fato colocar diante de Deus a caminhada de toda esta cidade que hoje completa 158 anos. Colocando Diante de deus também o espaço e os homens que estão no poder para que eles tenham o coração e os olhos abertos e que abrace as necessidades do povo. O poder então com a sua administração possa dar resposta aos anseios de uma população que caminha com as suas esperanças. Creio que o poder público pode fazer muito pelo povo e que se a cidade chegou a esse grau de evolução e progresso, significa que muito já foi feito e está sendo feito”, pede.

Também presente na celebração, o vice-governador Jackson Barreto fez questão de enaltecer o seu amor à bela cidade. “Eu considero Aracaju ainda uma moça bonita. É tão bonita que é fácil se apaixonar por ela. Eu diria que não moraria em outro lugar do mundo a não ser em Aracaju. É uma cidade bonita, com todos os problemas, mas ainda calma, uma cidade que a gente observa o progresso acentuado, uma cidade moderna e aonde todos os prefeitos tem tido uma preocupação de torna-la cada vez mais um luar bom para se viver. Uma preocupação de torna-la mais moderna. Estou feliz de estar participando dos seus 158 anos”, acredita.

Por Aisla Vasconcelos 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais