Mistério na morte do casal Rodrigues

0

Eles foram mortos a golpes de facão
O assassinato do casal Rodrigues acabou com o aparente sossego dos moradores do povoado Patu, distante 10 Km do município de Itabaianinha. A fazenda onde o casal foi encontrado fica em um lugar de difícil acesso, o que pode levantar a suspeita de que o homicida conhecia muito bem a região. Próximo à propriedade do casal não há vizinhos e o único acesso é feito através de uma estrada de terra.

A notícia das mortes mudou a rotina do pequeno povoado, muitas pessoas foram até o local, mas evitaram falar sobre o assunto. Um lavrador que esteve no local e prefere não ser identificado diz que o casal era bastante conhecido na região por serem boas pessoas.

Propriedade fica em um local de difícil acesso
A imprensa não teve acesso às dependências da fazenda, mas foi possível observar que a polícia vasculhou toda a área a procura de pistas que possam levar a autoria do crime. A família que morava no local tomando conta da propriedade, também foi ouvida pela polícia.

Familiares das vítimas também acompanharam de perto o trabalho da polícia, mas evitaram comentar o assunto. Bastante transtornado, um parente de uma das vítimas que prefere não ser identificado disse que Nildenor Ferreira Rodrigues, de 63 anos e Laura Eudócia Rosa Rodrigues, de 58 anos, tinham residência na capital sergipana e eventualmente passavam alguns dias na fazenda a procura de descanso.

Fato atraiu muitos curiosos
Investigação

O Coordenador de Polícia Civil do Interior (Copci), Fernando Melo, disse que o caso está sendo investigado por equipes do Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope) e da delegacia regional. “A mulher foi encontrada morta dentro da sede da fazenda e o homem estava no depósito”, disse Fernando. Ele explica que “a princípio não roubaram nada, mas que ainda é cedo para levantar qualquer suspeita”.

Questionado sobre o crime ter relação com vingança ou ainda se o autor seria um ex-funcionário da fazenda, Fernando Melo, foi cauteloso. “Nenhuma linha de investigação está sendo descartada”, esclareceu o coordenador do Copci.

Fernando Melo diz que a princípio não foi levado nada da propriedade
Crime

O casal foi encontrado morto na manhã desta segunda-feira, 29, a golpes de facão. As informações preliminares passadas por amigos do casal  dão conta de que eles residiam em Aracaju e iam freqüentemente para a propriedade em Itabaianinha. Eles teriam ido na última quinta-feira, 25.

Confira abaixo as fotos da propriedade onde o casal foi assassinado e da movimentação no local durante a manhã desta segunda-feira, 29.

Por Kátia Susanna

Comentários