Morador é preso suspeito de fraude de energia

0
Supeito foi levado para a 1ª Delegacia (Foto: Arquivo Infonet)

Nesta quarta-feira, 13, um homem [que não teve o nome divulgado] foi detido pela polícia suspeito de realizar fraude de energia elétrica, na sua residência, localizada no bairro Coroa do Meio. No ano passado, foi registrada pela concessionária de energia elétrica (Energisa) uma fraude elétrica na referida unidade. Foi procedida a recuperação de consumo, todavia não houve pagamento e foi gerada inadimplência.

O suspeito teve o fornecimento de energia interrompido, mas praticou a autorreligação. Quando questionado pela concessionária, apresentou faturas com pagamento falsificado e nesta quarta-feira, 13, foi flagrado praticando fraude de energia. Ele foi detido e encaminhado para a 1ª Delegacia Metropolitana.

As fraudes de energia elétrica (‘gato’ e ligação clandestina) são crimes previstos no Código Penal Brasileiro e têm penas previstas entre 01 e 05 anos de prisão. Essas fraudes prejudicam a concessionária de energia elétrica (que deixa de faturar), o Governo (que deixa de arrecadar impostos) e os clientes regulares (que têm a qualidade da energia elétrica fornecida comprometida).

Fonte: Ascom Energisa 

Comentários