Moradores de rua serão acolhidos no antigo Hotel Serigy

0

A casa de acolhimento será no antigo Edifício Serigy (Fotos: Portal Infonet)

Moradores de Rua agora terão uma oportunidade de mudar de vida. A Organização Não Governamental (ONG) Ministério Integrar sediará uma casa de acolhimento no edifício do antigo Hotel Serigy, centro da cidade, para abrigar moradores de rua e oferecer a eles uma vida digna e de transformação.

Por enquanto, ainda não se tem previsão de quando o projeto será colocado em prática, uma vez que o local passa por reforma para atender aos novos moradores. No local, as pessoas receberão capacitação profissional através de cursos profissionalizantes, aulas de cabeleireiro, música e atendimento médico e psicossocial.

Segundo a secretária do Ministério Integrar Adriana Gaudino dos Santos, cerca de 400 moradores de ruas serão beneficiados. “A reforma deve durar quatro meses e depois da reforma daremos início ao acolhimento. Primeiramente iremos juntamente com assistentes sociais em busca dessas pessoas e faremos uma reciclagem para ajudar realmente quem necessita como os que não têm uma profissão, não tem família e querem ser ajudados. Só vai ficar aquele que quer estudar, trabalhar e mudar de vida”, afirma.

Adriana Gaudino diz que os moradores receberão cursos profissionalizantes

Assim que chegarem ao novo lar, os desabrigados passarão a ser atendidos em um consultório médico instalado dentro do local, um psicólogo e poderá escolher em qual curso se adéqua.

Adriana Gaudino ainda esclarece que no local, não será permitido alojar pessoas drogadas. “A gente pode até receber, mas vamos encaminhar para uma instituição competente ou casa de acolhimento que cuida de viciados”, conta.

Por Aisla Vasconcelos

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais