Moradores do 17 de Março bloqueiam avenida em protesto

0
Sem infraestrutura, moradores do 17 Março fazem ato (Fotos: Portal Infonet)

Manhã de protestos na zona Sul de Aracaju. Moradores do 17 de Março bloquearam com barricadas três acessos importantes ao bairro. Um deles foi a avenida Alexandre Alcino, que liga o bairro Santa Maria ao 17 de Março.

Segundo a comunidade, o protesto que durou cerca de quatro horas, começou após um ônibus escolar que realizava o transporte de crianças na manhã desta terça-feira, 20, atolar em um buraco. Com isso, alunos tiveram que sair do coletivo pela janela. Ao descer, uma criança caiu no buraco e ficou machucada.

Revoltada, a mãe da criança conversou com a reportagem do Portal Infonet. Ela relata que o há 20 dias o buraco vem causando uma série de transtornos aos moradores da localidade. “Não aguentamos mais essa situação. Não passa ônibus aqui por causa do buraco, e as crianças para ir à escola têm que atravessar ao bairro todo. Sem falar desta avenida que passa muito carro, é um risco até ocorrer um atropelamento”, conta Maria Severino.

Buraco há vinte dias causa transtorno a comunidade

Maria Severino e sua filha

Local do protesto

A líder comunitária Wiliane Santos

A dona de casa, Sheila Lima

A líder comunitária Wiliane Santos, conta que a falta de infraestrutura é uma problema antigo dos moradores do 17 de Março. “Estamos cansados, sofremos diariamente com a falta de infraestrutura, já somos constrangidos com os ônibus que não entram no bairro, além de viaturas da polícia e do Samu. Nem o carro do lixo entra”, denuncia.

Caso a situação não seja resolvida, os moradores ameaçam fazer novas manifestações. “Se os políticos não resolverem esse problema, iremos fazer novas manifestações”, disse Sheila Lima.

Emurb

De acordo com o assessor de comunicação da Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb), Ademar Queiroz, "Os recursos já foram autorizados pela Caixa Econômica Federal e a Emurb já iniciou o processo de licitação para execução de obras de infraestrutura que compreende implantação de rede de esgoto, drenagem e pavimentação do bairro”, finaliza.

Por Leonardo Dias e Kátia Susanna

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais