Moradores fazem limpeza para protestar contra o aterro da lagoa doce

0
Lixo retirado das imediações da lagoa doce (Fotos: Portal Infonet)

Moradores do bairro Santa Lúcia, situado no Jabotiana, se uniram na manhã deste sábado, 23, em um ato contra o aterramento da lagoa doce da região. Segundo a comunidade, no local está sendo construída uma estação de tratamento de esgoto que está sendo realizada pela Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso).

Moradores e a deputada estadual Kitty Lima participaram do ato

Durante o ato, foi realizada a limpeza da lagoa na tentativa de chamar atenção do poder público para o aterramento da lagoa e dos demais moradores para a conscientização ambiental da área. Garrafas plásticas, papelão e plástico foram alguns dos objetos encontrados nas imediações da lagoa.

De acordo com o morador Flávio Maciel, a estação de tratamento era uma solicitação da comunidade, mas o que a população não aceita é que a obra seja feita em cima da lagoa. “É uma reivindicação antiga dos moradores da região porque toda a região não tem tratamento de esgoto, mas infelizmente estão fazendo em uma área imprópria que é em cima de uma lagoa que aglutina toda fauna e flora da região, inclusive serve pra conter a água da chuva no período de enchente. Hoje pensamos em fazer essa atividade justamente para chamar atenção de todos sobre a importância da lagoa para a região e para conscientizar para que a população não polua o meio ambiente”, afirma Flávio.

No local será construído a obra do Sistema de Esgotamento Sanitário (Fotos: Portal Infonet)

Quem também se engajou na causa foi a deputada estadual Kitty Lima que esteve no ato para auxiliar o movimento. “Viemos reforçar para que não haja o aterramento da lagoa, pois quase metade dela já está aterrada sem uma justificativa plausível. Esse ato também é para mostrar a poluição do local e vamos continuar nesta luta até que algo seja feito”, informa a deputada.

Deso

A assessoria da Deso informa que a obra do Sistema de Esgotamento Sanitário do bairro Jabotiana, na zona Oeste de Aracaju, vai beneficiar mais de 120 mil moradores da capital com a construção de uma estação de tratamento de esgoto e a instalação da tubulação que levará o esgoto doméstico para ser tratado. Os serviços estão sendo executados em duas etapas: a construção da estação de esgoto, que fica próxima à Lagoa Doce, e a instalação da tubulação, que levará o esgoto doméstico para ser devidamente tratado.

Com prazo de conclusão de 540 dias e  investimento de mais de R$ 100 milhões, o Sistema de Esgotamento Sanitário do bairro Jabotiana obedece a todas as exigências da legislação ambiental. Inclusive, conforme informações do diretor, o projeto minimizará os impactos causados pela poluição dos dejetos domésticos – fator comumente causado pelo atual sistema existente na região.

por Aisla Vasconcelos

Comentários