Moradores preocupados com desapropriações na Euclides

0

Várias casas foram construídas próximas à avenida (Fotos: Portal Infonet)

Moradores e comerciantes da Avenida Euclides Figueiredo estão apreensivos com a notícia dada pelo prefeito João Alves Filho (DEM) na última quarta-feira, 12, dando conta de que vai alargar a via e para isso terá que desapropriar imóveis construídos no local.

“Eu tenho esse comércio de peças novas e usadas de carros há nove anos aqui na Euclides Figueredo. E a minha casa foi construída no terreno abaixo da avenida. Os imóveis estão devidamente regularizados, há dois anos e a minha preocupação é de que tenha que sair daqui e receba uma indenização de R$ 30 ou R$ 40 mil por exemplo. O que vou comprar com esse dinheiro?”, indaga o comerciante Carlos Alberto de Jesus Lima.

Pista estreita dificulta circulação de ônibus

A Avenida Euclides Figueredo vai desde a Av. Maranhão até o bairro Industrial. Em alguns trechos, mais próximos dos conjuntos D. Pedro I e II, até o bairro Soledade, muitas residências foram construídas quase na pista.

“Eu moro aqui desde criança, quando a av. era D. Pedro. A casa era dos meus avós. Casei e me mudei, quando minha avó adoeceu eu voltei. Os dois já morreram e eu fiquei na casa que não tem escritura. Como minha casa é muito recuada, acredito que não vão mexer. Mas, muita gente está aqui agoniado. Antes era só maré aqui nessa parte da Euclides Figueiredo, até lá na Av. Maranhão. As pessoas foram chegando e construindo. A preocupação agora é com as indenizações porque o medo que o dinheiro não dê para comprar outros imóveis”, ressalta a cozinheira Roseildes Rocha.

Carlos Alberto tem loja de peças de carros na Avnenida e…

… mora com a família na parte de baixo

Roseildes mora no local há mais de 40 anos

Durante recente coletiva de imprensa na Prefeitura de Aracaju, o prefeito João Alves Filho garantiu que os donos dos imóveis que serão desapropriados não serão prejudicados, pois as indenizações serão feitas.

Por Aldaci de Souza

Comentários