Moradores reclamam de funcionamento do PAC da Aruanda

0

Apenas dois policiais no local (Fotos: Portal Infonet)

Moradores do conjunto Costa Nova, localizado na Zona de Expansão, reclamam da ineficiência do Posto de Atendimento ao Cidadão (PAC) do bairro Aruanda. De acordo com a comunidade, o local fica fechado e ainda possui um baixo efetivo policial, sendo empregados apenas dois agentes.

Segundo os moradores, quando os policiais saem para realizar o policiamento ostensivo, o prédio fica fechado, fato que prejudica a população que necessita de atendimento.

A moradora Dilma Rodrigues conta que violência tem aumentado na região. “Já fui assaltada duas vezes. A última foi no ano passado. Quando eu desci do ônibus, por volta das 18h, eles me abordaram. Liguei para o PAC e nada. A gente chega aqui no PAC e está tudo fechado. Eu estou aqui no ponto de ônibus há algum tempo e os policiais chegaram há pouco”, diz.

Jeferson da Silva lamenta a situação em que se encontra a segurança do bairro. “É muito complicado. Não adianta reclamar porque não fazem nada. Eles não rodam tudo e só olham as avenidas. Eles fazem a ronda somente duas vezes na semana”, diz.

PAC

Moradores falam da violência no local

No PAC, a informação passada pelos policiais de plantão é de que o local fica fechado quando ocorre a ronda policial. O motivo é que existem apenas dois homens para fazer a ronda, o que implica dizer que não é possível deixar o prédio aberto.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais