Morte de catadores: empresário é indiciado

0

Delegado indiciou quatro pessoas pelo acidente
Na manhã desta quarta-feira, 28, o delegado regional do município de Estância, Marcelo Hercos, esclareceu os detalhes sobre a conclusão do inquérito que indiciou quatro pessoas pelo acidente que tirou a vida de quatro catadores de laranjas. Conforme o Portal Infonet noticiou na última terça-feira,27.

De acordo com informações da Secretaria da Segurança Pública (SSP), os responsáveis vão responder pelos crimes de homicídio culposo, lesão corporal culposa, coação no curso do processo e exposição ao perigo de vida de outros.

Os indiciados são o empresário dono da beneficiadora, Adam Antônio de Oliveira, os gerentes da empresa de laranja, José de Jesus Santos e Gleidinaldo Silva de

Sete pessoas morreram no acidente  
Andrade, além do motorista Francisco dos Santos. De acordo com o delegado Marcelo Hercos, o procedimento será encaminhado ainda nesta quarta para o Poder Judiciário.

“Esse tipo de crime não permite em regra a prisão dos acusados pela polícia. O trabalho se conclui e hoje o procedimento será encaminhado para a Justiça que decidirá a partir de agora os caminhos que serão trilhados”, esclarece.

Acidente

Por volta das 18h do dia 31 de maio deste ano, um caminhão que transportava os trabalhadores e centenas de quilos de laranjas tombou em uma ponte de madeira e provocou a morte de sete pessoas (cinco homens e duas mulheres). O acidente aconteceu em uma estrada do povoado Fonte Nova, que liga Estância a Boquim. A ponte, cuja parte do material estava podre, cedeu com o peso do caminhão, levando o veículo a tombar.

Por Kátia Susanna

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais