Morte de idoso em elevador: Justiça realiza audiência com testemunhas

0
Idoso tinha 94 anos (Foto: Arquivo Portal Infonet)

A Justiça de Sergipe realizou nesta terça-feira, 30, uma audiência relacionada à morte do idoso de 94 anos, que caiu no fosso de um elevador do condomínio Jardim América, localizado na Avenida Adélia Franco, no Bairro Luzia, em Aracaju. O caso aconteceu em julho de 2018, quando o transporte passava por manutenção preventiva.

O advogado Armando Júnior, que faz a defesa da empresa responsável pela manutenção dos elevadores do condomínio, explicou que processo ainda está em andamento, mas que acredita que ficará comprovado que não houve negligência.

“Cerca de oito testemunhas de acusação deveriam prestar depoimento, mas nem todas compareceram eoutra audiência foi marcada para ouvi-las. O processo ainda está em andamento, mas tenho convicção que conseguiremos constatar que não ouve nenhuma imprudência por parte da empresa”, relata.

A pedido da defesa, o processo segue em sigilo de justiça. A próxima audiência foi marcada para o dia 28 de março de 2022.

O caso

No dia 13 de julho de 2018, José Nunes da Silveira, 94, que morava no terceiro andar do prédio, morreu após cair no fosso do elevador do condomínio onde residia, no Bairro Luzia.  De acordo com a síndica do condomínio da época, o elevador estava passando por manutenção preventiva.

Por Luana Maria e Verlane Estácio

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais