Mosqueiro: Combaze fará cadastramento

0

Combaze fará cadastramento de família

Na tarde desta sexta-feira, 7, a diretora do Conselho das Associações de Moradores dos Bairros Aeroporto e Zona Expansão de Aracaju (Combaze), Karina Drummond, criticou a manifestação feita pelos moradores do Mosqueiro. A diretora do Combaze disse que é preciso sentar com o poder público para resolver os problemas decorrentes das fortes chuvas que caíram na capital sergipana.

“Esse não é o momento de fechar ruas e nem de oba-oba, temos que nos articular com o poder público para encontrar uma fórmula de beneficiar todos os desabrigados e desalojados”, alerta.

Karina explica que os moradores continuam encontrando dificuldade para alugar as casas porque os proprietários não aceitam alugar residências sem o pagamento antecipado.

Karina diz que o Combaze irá fazer um levantamento
Cadastramento

Segundo a diretora do Combaze para neste sábado, 8, todos os desabrigados e desalojados do Mosqueiro, Aruana e Robalo, podem ir até o Colégio Leonor Teles onde será feito um cadastramento.

“Com esse cadastramento o Combaze não quer dizer que vai distribuir casas, queremos ter o nosso controle para evitar que pessoas possam se aproveitar dessa situação”, explica.

Auxílio-moradia

A Câmara Municipal de Aracaju (CMA) aprovou na tarde da última quinta-feira, 6, o projeto de lei que institui o auxílio-moradia no valor de R$ 300 para famílias desabrigadas vítimas de chuvas ou residentes em áreas sob risco iminente de incêndio, deslizamento e desmoronamento. O projeto aprovado por unanimidade pelos vereadores servirá para dar assistência aos moradores da capital que necessitam de ajuda do poder público para ter moradia digna e segura.

Por Kátia Susanna

Comentários