Motim deixa agentes apreensivos em Areia Branca

0
Agentes informaram que detentos quebraram banheiros e grades (Fotos: Portal Infonet)

Na manhã desta quarta-feira, 26, os agentes prisionais do presídio de Areia Branca estavam apreensivos com o novo motim. A informação passada pelos agentes é de que havia seis funcionários para aproximadamente 400 internos. Os agentes reclamam do baixo efetivo e da superlotação nas alas.

Os detentos começaram o motim desde a última terça-feira, 25, quando se recusaram a entrar nas celas e quebraram as grades. Segundo  agentes, que não quiseram se identificar, o motim desta manhã está acontecendo em uma ala individual onde ficam mais de 100 internos. A informação é de os internos quebraram as grades, banheiros e molharam os colchões. “O problema só está piorando, só falta agora eles quebrarem a grade principal”, reclama um dos agentes.

O presidente da Comissão de Segurança de Areia Branca, Reginaldo Pereira, afirma que o problema da superlotação já vem se arrastando há muitos anos. “São mais de 400 pessoas para quatro funcionários. Vidas podem ser ceifadas aqui, pois o efetivo que temos não é suficiente. Fugas no presídio atingem não só o sistema como a população”, reclama Reginaldo.

Agentes ficaram apreensivos por causa do baixo efetivo

Por causa do tumulto, muitos familiares que iriam fazer visitas retornaram para casa. A dona de cada Edna Santos estava aguardando o esposo que está preso em regime semi-aberto. “ Desde ontem está acontecendo essa confusão e fico com medo do meu marido se envolver e acabar sendo prejudicado. Todo dia tem confusão aqui”, afirma.

Desipe

O Portal Infonet entrou entrar em contato com o diretor do Departamento do Sistema Penitenciário (Desipe), Manoel Lúcio, não conseguiu contato. Estamos à disposição através do e-mail jornalismo@infonet.com.br ou pelo telefone 2106-8000.

Por Adriana Freitas e Kátia Susanna

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais