Motorista denuncia que recebeu apenas 60% do salário de janeiro

0
De acordo com informações do trabalhador, a empresa pagou apenas 60% do salário (Foto: Arquivo Portal Infonet)

Um motorista de ônibus da Viação Progresso entrou em contato com o Portal Infonet para denunciar que os trabalhadores estão com parte do salário do mês de janeiro em atraso. De acordo com informações do trabalhador, a empresa pagou apenas 60% do salário e ainda não informou quando o restante será pago.

“ A empresa fez três depósitos na minha conta no mês de fevereiro totalizando pouco mais de R$ 1.160,00, ainda falta receber mais de R$ 700, só que a empresa não nos informa quando vai pagar o restante do valor e já estamos finalizando o mês de fevereiro”, diz um motorista da empresa que preferiu não se identificar.

Trabalhadores dizem que pagamento foi depositado em três parcelas em fevereiro, mas ainda falta parte do salário (Foto: Acervo pessoal)

O motorista conta que a situação é complicada porque eles estão se endividando e não tem previsão de quando a situação irá se normalizar. “ Nós já estamos sem receber o ticket alimentação desde março do ano passado, que já é uma queda grande em nosso orçamento, e agora esse atraso salarial. Por conta disso a gente deixa de pagar cartão e outras contas porque precisamos comer e pagar as contas essenciais, e vai virando uma bola de neve”, reclama.

Outra situação apontada pelo motorista da empresa é o depósito do Fundo de Garantias (FGTS) que não está sendo feito. “ Eu mesmo tenho mais de quatro anos de empresa e tenho apenas R$ 14 na minha conta. Até para sacar os R$ 500 reais que foi liberado pelo Governo foi uma luta, só conseguimos sacar nessa última liberação porque não tinha dinheiro em conta. Nós trabalhamos e queremos apenas ter nosso direito respeitado”, finaliza.

Progresso

A Viação Progresso informou que os 30% do salário referente ao mês de janeiro dos trabalhadores, que ainda não foi pago, será quitado ainda nesta sexta-feira, 26. Ainda segundo a empresa, o atraso se deu por conta da redução de dias úteis de plena operação, aumento do valor do diesel e constante queda no número de passageiros por conta da pandemia.

A Progresso pede desculpas aos colaboradores e afirma que a diretoria da empresa continua empenhada em cumprir com suas obrigações junto aos seus funcionários. A empresa informa ainda que na próxima semana fará o pagamento dos salários referente ao mês de fevereiro.

Por Karla Pinheiro

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais