Motorista fica gravemente ferido em acidente no interior

0
PRF registra acidente grave nesta madrugada (Foto: Arquivo Portal Infonet)

O Instituto Médico Legal (IML) registrou quatro mortes violentas nas últimas 24 horas. Entre as ocorrências, predomina o número de vítimas em acidentes de trânsito. Foram duas mortes em dois acidentes diferentes, uma por afogamento em uma fazenda e um homicídio ocorrido no município de Estância. Na madrugada desta terça-feira, 17, a Polícia Rodoviária Federal registrou um acidente grave na região de Santa Luzia do Itanhy e há um motorista ferido gravemente que recebeu atendimento da equipe do Serviço Móvel de Urgência (Samu).

O jovem Jeferson Alves Nascimento, 18, foi vítima de acidente de trânsito ocorrido na madrugada da segunda-feira, 17, em rodovia federal, no município de Umbaúba. De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal, o jovem conduzia uma motocicleta e colidiu contra um animal que atravessava a pista na altura do km 183 da BR 101.

Também foi vítima de acidente de trânsito a idosa Maria Dolores Santos, 69. Ela chegou a ser socorrida com vida, mas faleceu no Hospital Regional de Propriá.

Em Estância, Néverton Rigo, 41, foi assassinado com golpe de arma branca. O crime aconteceu no povoado Abaís e o corpo da vítima chegou ao IML às 13h30 da segunda-feira, 16. Em Rosário do Catete, Luís Carlos dos Santos foi vítima de afogamento ocorrido na Fazenda Retiro. O corpo da vítima chegou ao IML às 15h42.

Acidente grave

Por volta das 4h desta terça-feira, 17, a PRF registrou um acidente grave envolvendo dois veículos de carga. De acordo com os primeiros levantamentos da Polícia Rodoviária Federal, o acidente aconteceu na altura do km 170 da BR 101, região do município de Santa Luzia do Itanhy.

Conforme a PRF, ocorreu uma colisão traseira entre uma carreta e um caminhão. Um dos motoristas ficou preso às ferragens e está ferido gravemente. Equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada e já conseguiu liberar o motorista, que recebeu os primeiros atendimentos da equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Comentários