Motoristas da VCA ameaçam parar novamente na sexta, 24

0
Motorista devem parar na próxima sexta-feira, 24. (Foto: Arquivo Portal Infonet)

Funcionários da empresa de transporte urbano Viação Cidade de Aracaju (VCA) devem parar as atividades na próxima sexta-feira, 24, caso a empresa não cumpra com o pagamento do ticket refeição, no valor de R$ 370, até esta quinta-feira, 23. Após negociações, os trabalhadores receberam a maior parte do pagamento dos salários.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Aracaju (Sintra), Miguel Belarmino, ficou acordado que a VCA pagaria o ticket no 5º dia útil deste mês. “O ticket já deveria ter sido pago desde o dia 8 deste mês. O acordo não foi cumprido e os companheiros vão parar na sexta-feira caso não recebam o que foi prometido”, garantiu Belarmino.

O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Aracaju (Setransp) informou através de sua assessoria, que a empresa irá cumprir com o pagamento, conforme o prometido pelo Prefeito.  A assessoria informa ainda, que o pagamento deverá ser feito até amanhã e que não há possibilidade de greve.

Entenda

Miguel Belarmino "vamos apoiar a greve"

Os motoristas discutem os problemas com a empresa desde o mês de fevereiro quando a justiça determinou a apreensão de 66 ônibus, entre eles, 44 de Aracaju, por conta do não pagamento do financiamento feito para compra de novos veículos e questões trabalhistas.

Logo em seguida, no mês de março, uma determinação da Superintendência Municipal de Transporte de Trânsito (SMTT) retirou de circulação outros 55 ônibus da empresa. O motivo foi a precariedade de alguns veículos que na maioria das vezes ficam parados nas ruas com problemas mecânicos ou não oferecem segurança aos usuários. Com a medida, as linhas prejudicadas foram assumidas por ônibus de outras empresas do transporte coletivo.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais