Motoristas optam por curso de reciclagem para renovar a CNH

0

A Assessoria de Comunicação do Detran explicou ontem, dia 27, que os motoristas que nunca assistiram a aulas teóricas num Centro de Formação de Condutores, estão optando por fazer um curso no Centro de Formação de Condutores. A outra opção é fazer uma prova no Detran, com 30 questões e acerto mínimo de 70% ou apresentarem documento comprobatório da realização destes cursos em instituições reconhecidas pelo Detran, como Senai ou Sest/Senat.

 

O novo procedimento foi implantado em Sergipe no dia 27 de junho deste ano. Após seis meses, dos 6.658 processos registrados, mais de 4.300 motoristas apresentaram o certificado dos mais variados Centros de Formação do Estado, contra apenas 2304 que realizaram a prova no Detran. Segundo a coordenadora do Departamento de Habilitação do órgão, Celi Jost, “é um saldo bastante positivo, levando em consideração que as pessoas estão sendo recicladas, com orientações importantes sobre o trânsito”.

 

A idéia da resolução 168, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), é justamente possibilitar aos motoristas uma forma de reciclagem, com aulas presenciais ou estudos em casa. O objetivo é qualificar as pessoas que estão nas ruas conduzindo qualquer tipo de veículo, desde motocicletas a modelos de grande porte. Segundo dados do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), cerca de 15% da população brasileira habilitada não tem condições de dirigir e representam um verdadeiro risco à sociedade.

 

De acordo com estatísticas da Companhia de Policiamento de Trânsito (CPTran), 70% dos acidentes são cometidos por imprudências dos motoristas e apenas 7% são registrados em vias com péssima sinalização ou sem nenhuma placa de advertência, o que demonstra que a grande maioria das ocorrências são registradas em avenidas sem problemas para os motoristas. A embriaguez, o avanço de sinal e as manobras perigosas são as principais causas de acidentes em Aracaju.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais