Mototaxistas protestam após morte de colega

0
Protesto contra a morte do mototaxistas (Foto: Portal Infonet)

Mototaxistas do município de São Cristovão realizaram uma passeata pelas ruas da cidade, para protestar contra a morte de um colega assassinado na última quinta-feira, 22, quando deixava uma passageira. O ato ocorreu na manhã desta sexta-feira, 23, e reuniu cerca de 37 mototaxistas.

Helenaldo Teles dos Santos, de 41 anos, teria sido assassinado por dois homens que tentaram levar sua motocicleta. Assustado, Helenaldo tentou fugir da ação dos bandidos, quando foi alvejado nas costas. Sete tiros atingiram o abdômen e a cabeça da vítima, que morreu no local.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Mototaxistas de São Cristóvão, Paulo Bispo, o colega de profissão tinha como rotina levar uma passageira ao trabalho, nas proximidades do Cristo. Helenaldo era casado e deixa três filhos.

O sindicalista reclamou da falta de segurança na cidade. “Esse protesto é para alertar os moradores de São Cristóvão contra a falta de segurança na cidade. Nosso colega morreu e outros tantos já tiveram suas motos furtadas. Nós queremos justiça e mais segurança”, pede, Bispo.

Investigações

Paulo Bispo "Queremos mais segurança"

O delgado Ronaldo Marinho informou que as causas do assassinato estão sendo apuradas. Ele antecipou que, se constatado o homicídio, as investigações ficarão sob a responsabilidade do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP).

Por Eliene Andrade

Comentários