Mototaxistas voltam à Câmara Municipal para pedir apoio dos vereadores

0

Mototaxistas percorrem às ruas da cidade em protesto
Os mototaxistas de Aracaju voltaram a protestar pelas ruas da cidade nessa manhã, dia 25, pela regularização do trabalho. Aproximadamente 200 motos saíram da rua do Acre em direção à Câmara Municipal para tentar mais uma vez pedir o apoio dos vereadores. Hoje não houve sessão, mas o vereador Juvêncio Oliveira (DEM) recebeu os representantes dos mototaxistas e prometeu interceder junto aos parlamentares.

Desde o início deste ano a classe luta para tentar um espaço na tribuna da Câmara, contudo não houve resposta do presidente da Casa, vereador Sérgio Góis (PR). “Mais uma vez nós estamos reivindicando espaço no mercado de trabalho, através da regulação do serviço. Nós protocolamos o ofício solicitando a tribuna livre e nem o retorno do ofício nós tivemos”, diz Jailton Pereira, presidente do Sindicato dos Mototaxistas.

O vereador Juvêncio Oliveira (DEM) prometeu apoio à classe
“Eu acredito que o dever dos munícipes agora é apoiar os mototaxistas… já solicitei a minha assessoria jurídica um estudo de como o caso pode ser resolvido legalmente”, disse o vereador.

Os mototaxistas irão esperar pelo espaço na Tribuna, para conseguir o contato com todos os vereadores.

Casos em outras cidades

Para dar base ao seu argumento, os mototaxistas lembram que a atividade já é regularizada em 1001 municípios brasileiros, dentre esses nove sergipanos. Em Feira de Santana, segundo o dirigente do sindicato, a classe chegou a um acordo com o Conselho Municipal de Trânsito e conseguiram que fossem criadas 500 vagas para legalização do transporte. “É uma realidade na sociedade brasileira. Não há como fechar os olhos para isso”, diz Jailton Pereira. Em Aracaju, aproximadamente 500 motoqueiros já estão sindicalizados.

Comentários