Motu: Defesa Civil pretende pedir retirada de famílias

0

Famílias estão acampadas no prédio desde o dia 5 de maio (Fotos: Portal Infonet)

A Defesa Civil pretende entrar com um pedido para que o prédio hoje ocupado por famílias do Movimento Organizado dos Trabalhadores Urbanos (Motu) desocupem o prédio por entender que o local apresenta riscos às famílias.

Segundo o coronel Reginaldo Moura, coordenador da Defesa Civil de Aracaju, os técnicos estiveram no imóvel, mas foram impedidos pelos ocupantes de entrar no prédio. Ele acredita que o local apresenta risco às famílias. “A gente pretende entrar sim com ação, mas estamos sendo impedidos por conta da chuva. É muita irresponsabilidade dos coordenadores do movimento deixarem as pessoas lá dentro, eles sabem dos riscos, mas preferem deixar a população lá. Eu tentei pelo convencimento, mas não deu. Se os lideres querem ficar lá dentro tudo bem, mas colocar as pessoas em risco é irresponsabilidade”, afirma o coronel.

Famílias

Imóvel está danificado

Cerca de 300 famílias estão acampadas no prédio desde o dia 5 de maio. Segundo o ocupante José Vicente Santos, as famílias esperam que a prefeitura conceda um auxílio moradia, mas com a garantia de que eles serão contemplados com as casas doadas pela prefeitura.

“A gente quer moradia digna e que os órgãos se posicione para dar um destino à gente. A nossa situação aqui é precária, água só no primeiro piso e energia só com gambiarra. Aqui tem idoso, gestante, cadeirante e crianças. Se não tem casa que dê auxílio moradia”, diz

Assistência Social

A equipe do Portal infonet entrou em contato com a assessoria de comunicação da Secretaria Municipal da Família e da Assistência Social (SEMFAS) que informou que para ter acesso ao auxílio às famílias tem que procurar a justiça já que a secretaria já atingiu o teto limite de concessão de beneficio, sendo hoje mais de mil famílias beneficiadas.

Por Aisla Vasconcelos

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais