Movimentação intensa de passageiros nos terminais

0
Movimentação intensa já na manhã deste sábado, 14 (Fotos: Portal Infonet)

Muitos sergipanos acordaram cedo para deixar a capital sergipana na manhã deste sábado, 14. O entra e sai de passageiros movimentou o Terminal Rodoviário Luiz Garcia, conhecido como Rodoviária Velha, e o José Rollemberg Leite [Rodoviária Nova].

Para muitos, a viagem tem por objetivo de passar o carnaval com a família. Quem se antecipou e chegou bem cedo foi Glaudiane de Jesus que estava acompanhado do esposo Charles Ferreira e as filhas. “Vamos para Santa Rosa de Lima passar o carnaval com a família e só vamos voltar na terça-feira. Quando chegamos a fila estava um pouco grande, mas conseguimos comprar a passagem para as 9h20”, conta.

Segundo o fiscal da Coopertalse do Terminal Luiz Garcia, Agnaldo Faustino, ao todo foram disponibilizados cerca de 40 carros extras para o Carnaval, sendo os destinos mais procurados Própria, Neópolis e Estância.

Iraneide de Jesus Santos chegou por volta das 6h30 para garantir a passagem para viajar ainda pela manhã. “Estou indo passar o carnaval em Aquidabã com o meu namorado. Consegui a passagem para às 9h40”, afirma.

Glaudiane de Jesus vai passar o carnaval com a família em Santa Rosa de Lima 

Rone Santos e Tiago foram para Capim Grosso em Salvador 

Já no Terminal José Rollemberg Leite [Rodoviária Nova] a estimativa é que passem pela rodoviária no período de 13 a 18 de fevereiro, cerca de 23.220 passageiros.

Segundo o gerente da rodoviária, Antônio Carlos Fonseca, foram disponibilizados 116 carros extras, sendo 68 linhas interestaduais e 48 para viagens intermunicipais. “Esse ano houve um aumento no número de passageiros de 35.22% em relação ao ano passado. Acredito que esse aumento seja por conta que o estado não tem as festas tradicionais. As cidades mais procuradas são Salvador, Maceió e Feira de Santana e aqui no estado é pulverizado as cidades”, afirma.

Pensando viajar para Salvador, Rone Santos e Tiago Souza Oliveira se anteciparam e estiveram na rodoviária para deixar o local. “Chegamos logo cedo para tentar conseguir passagem para Capim Grosso em Salvador. Vamos ver a família e passar o carnaval mais tranquilo”, diz.

Por Aisla Vasconcelos

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais