MP para o Imposto de Renda

0

O governo vai estabelecer as novas alíquotas do Imposto de Renda Pessoa Física por meio de medida provisória. A idéia é enviar a MP que muda as alíquotas nos próximos dias, já que se encerrou o segundo das eleições municipais e se espera que as votações se normalizem no Congresso Nacional.

 

Há a expectativa de criação de novas alíquotas. Atualmente são três em vigor: rendimentos até R$ 1.058, estão isentos. Entre R$ 1.058 e aR$ 2.115 têm alíquota de 15% e acima de R$ 2.115, de 27,5%. O governo terá de mobilizar a bancada de apoio para votar as MPS que hoje trancam a pauta do Congresso. Prevê-se a criação de cinco alíquotas, a mais baixa de 5%, e a mais alta de 35%.

 

 A alíquota maior incidira sobre rendimentos acima de R$ 10 mil ou R$ 12 mil mensais, o que aumentaria o desconto na fonte de cerca de 185 mil trabalhadores. Em contrapartida haveria um alívio para quase 5,5 milhões de trabalhadores, com salário mensal entre R$ 1.200 e R$ 6.000, que hoje se enquadram nas alíquotas de 15% e 27,5%.

 

Por Ivan Valença

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais