MPF reafirma denúncia de fraude em concursos da UFS e Cefet

0

Ao contrário do que divulgou Joarez Vrubel, diretor-geral do Centro Federal de Educação Tecnológica (Cefet), o Ministério Público Federal em Sergipe (MPF/SE) reafirma a existência de vários procedimentos administrativos abertos na Procuradoria da República e que apuram denúncias de fraudes em concursos públicos para os cargos de professor, realizados pela Universidade Federal de Sergipe (UFS), Colégio de Aplicação – da mesma universidade, e pelo Cefet, antiga Escola Técnica.

“É de estranhar a reação de desconhecimento do diretor-geral do Cefet quanto as apurações de irregularidades nos concursos públicos naquela instituição. Ele tem ciência dos procedimentos que temos aqui e, no dia 13 de julho do ano passado, ele mesmo esteve aqui na Procuradoria da República prestando esclarecimentos e assinando recomendações do MPF/SE sobre irregularidades nos concursos naquela unidade”, informa a procuradora da República Eunice Dantas Carvalho.

Num dos procedimentos abertos no MPF/SE, existem apurações de ilegalidade nas exigências para contratação de professores das disciplinas de Física, Química, Eletrônica, Eletricidade e Informática. “O diretor-geral do Cetef tem pleno conhecimento dos Procedimentos Administrativos de números 451/2006, de 16 de maio, e 596/2006, de 06 de julho, ambos do ano passado, onde o próprio diretor se manifesta. Realmente é muito estranho a manifestação de esquecimento do senhor Joarez Vrubel”, disse a procuradora. 

“Há denuncias de favorecimento a participantes que têm relações pessoais com membros da banca examinadora. Há problemas também na publicidade e nos editais desses concursos”, informou a procuradora Eunice Dantas. Caso as fraudes sejam mesmo confirmadas, o MPF/SE vai entrar com ação pedindo anulação dos concursos, denunciando os membros das bancas examinadoras por improbidade administrativa, além da natural ação penal contra eles.

Denúncias 

A procuradora Eunice Dantas Carvalho estimula que candidatos prejudicados nos concursos federais e que possuam elementos de prova devem fazer as denúncias no Ministério Público Federal em Sergipe. Não é necessária a identificação. As denúncias podem ser feitas na sede da Procuradoria da República em Sergipe, localizada a avenida Beira Mar, 1064, 13 de Julho, em Aracaju, ou através do sítio do MPF/SE na internet:
www.prse.mpf.gov.br

Fonte: MPF/SE

Comentários