MPF/SE abre vaga para estagiários de Informática

0

A partir desta segunda-feira, 19, estarão abertas as inscrições do processo seletivo para estagiários da área de Informática para o Ministério Público Federal em Sergipe (MPF/SE). As pré-inscrições podem ser efetuadas através do site da Procuradoria da República em Sergipe até o dia 30 de novembro.

 

O candidato que tiver dificuldade de acesso à internet poderá realizar sua pré-inscrição na sede da Procuradoria da República em Sergipe, situada na Av. Beira Mar, 1.064, no horário das 8h às 12h e das 14h às 18h, na Coordenadoria de Informática. A duração do estágio será de um ano, prorrogável por igual período. A jornada de estágio é de 20 horas semanais, respeitado o turno escolar do estagiário e a bolsa de estágio atualmente é de R$ 630.

 

Para ingressar no Programa de Estágio do MPF, o aluno precisa estar regularmente matriculado em instituição de ensino conveniada (Universidade Federal de Sergipe ou Universidade Tiradentes), em um dos seguintes cursos: Ciência da Computação ou Sistemas de Informação.

 

Além disso, precisa estar cursando no mínimo o 5º e no máximo o penúltimo período curricular quando convocado para firmar o Termo de Compromisso, ocasião em que deverá apresentar o histórico escolar atualizado, comprovante de matrícula e curriculum vitae.

 

A confirmação das inscrições será efetuada no período de 19 a 30 de novembro de 2007, no horário das 8h às 11h e das 14h às 18h, no prédio da Procuradoria da República em Sergipe. O candidato que não confirmar sua inscrição não participará do processo seletivo.

 

A seleção será realizada em duas fases: análise do histórico escolar e análise curricular/entrevista. Os candidatos contratados deverão executar atividades na área de desenvolvimento em linguagens de programação para Internet (Java e PHP), banco de dados PostGreSQL, além de atividades de suporte e atendimento ao usuário. Mais informações poderão ser obtidas pelos telefones (0xx79) 3234-3766, (0xx79) 3234-3721, (0xx79) 3234-3720 e (0xx79) 3234-3749.

 

Fonte: MPF/SE

Comentários