MPF/SE lança cartilha ‘Diretrizes para uma polícia cidadã’

0

Procuradores Paulo Guedes (à esq) e Eduardo Pelela no lançamento da cartilha
O Ministério Público Federal em Sergipe (MPF/SE) lançou nesta segunda-feira, 31, a cartilha “Diretrizes para uma Polícia Cidadã”, que tem como objetivo esclarecer as pessoas sobre seus direitos e deveres no relacionamento com as Polícias Federal, Civil, Militar e Rodoviária Federal, além de aproximar a população dos órgãos de segurança pública do país.

A cartilha foi elaborada pela 2ª Câmara de Coordenação e Revisão do Ministério Público Federal, responsável por assuntos criminais e do controle externo da atividade policial. Ao todo, foram disponibilizadas para Sergipe 5.500 cartilhas, que serão encaminhadas para o Programa Cidadania e Paz nas Escolas e órgãos como OAB/SE, Justiça Federal e Ministério Público Estadual. Exemplares também ficarão disponíveis na sede do MPF/SE e em uma versão digital será publicada no site www.prse.mpf.gov.br

Para o procurador da República, Paulo Guedes, a cartilha aborda os deveres do cidadão e o direito de ser tratado com respeito pelas autoridades policiais. “Sabemos que o Brasil precisa avançar nessa relação polícia e cidadão, pois devido a muitos casos apresentados na mídia, a cartilha vem tentar mostra de que forma possa haver essa aproximação e orientar a população para os seus direitos e deveres em caso de abuso de autoridade por exemplo”, diz

A publicação explica, com linguagem acessível, as atribuições das instituições responsáveis pela segurança pública, informa sobre como proceder em casos de violência policial. “A cartilha trata da questão da abordagem direta entre polícia e cidadão, mostrando de que forma o cidadão deve agir caso venha ser abordado. A linguagem da cartilha foi pensada para que todos tenham o acesso as informações e de que forma possa haver a interação entre ambos”, informa o procurador-chefe Eduardo Pelela.

 


 

Comentários