Mulher acusada de exploração sexual é presa em Capela

0

No final da manhã desta sexta-feira, 10, policiais civis lotados na delegacia do município de Capela prenderam Álida Maria Souza da Silva, 43 anos, vulgo “Dado”, sob a acusação de envolvimento nos crimes de tráfico de drogas e exploração sexual de menores.

Conta Ávila existiam dois inquéritos, um de 2003 e outro de 2009, que apontam o envolvimento de Ávila nos crimes. “Nós encontramos dois quartos nos fundos do bar da acusada e percebemos a presença de três garotas de programa que informaram repassar R$ 10,00 para Álida por cada programa feito no local”, destacou o delegado da cidade, Rodrigo Espinheira.

Ainda segundo Espinheira, as mulheres foram ouvidas e negaram a existência de exploração sexual de menor, entretanto, testemunhas afirmaram que pelo menos duas adolescentes, ambas de 16 anos, já freqüentaram o bar como garotas de programa, com a ciência da proprietária acusada. As denúncias apontam, ainda, para a prática de tráfico de tráfico de drogas no estabelecimento comercial.

Fonte: SSP/SE


 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais