Mulher é assaltada e quase perde voo

0
Balconista registra BO na Delegacia Plantonista (Foto: Arquivo Infonet)

A balconista Marluce de Souza Mota foi assaltada quando descia de um coletivo intermunicipal, que explora a linha Itabaiana/Aracaju. Ela reside em São Paulo e veio a Sergipe visitar familiares que moram em Itabaiana. Estava com passagem de retorno comprada com embarque previsto para a madrugada desta terça-feira, 2.

Na noite de segunda-feira, 1, ela chegou em Aracaju por volta das 20h30 e, quando desceu no ponto de ônibus na avenida Osvaldo Aranha foi surpreendida por um homem que, num gesto rápido, tomou-lhe a bolsa, contendo a passagem da Tam Companhia Aérea com destino à capital paulista, dinheiro, documentos pessoais, cartões bancários de São Paulo, entre outros objetos.

O motorista do ônibus percebeu o crime e ainda perseguiu, a pé, o assaltante. No entanto, não obteve êxito. O assaltante estava armado, conforme declarações da própria vítima em Boletim de Ocorrência registrado na Delegacia Plantonista. Ele sacou um revólver, apontou contra o motorista ameaçando atirar e o orientou a retornar ao veículo. Temendo as ameaças, o motorista desistiu da perseguição e o assaltante fugiu, sem deixar pistas.

Na Delegacia Plantonista, a balconista não escondia o nervosismo, carregando toda a bagagem. Aos prantos, ela revelou que reside em São Paulo há 25 anos e que nunca tinha sido vítima de assalto, muito embora a cidade tenha fama de ser violenta.

Apesar dos transtornos, segundo informações dos policiais, a balconista conseguiu embarcar apresentando o Boletim de Ocorrência da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP).

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais