Mulher é assassinada por ex-companheiro em Dores

0
IML: sete mortes violentas no domingo (Foto: Arquivo Portal Infonet)

Uma mulher de 30 anos foi assassinada na tarde do domingo, 21, dentro da residência do ex-companheiro, crime ocorrido na zona rural de Nossa Senhora das Dores. De acordo com os primeiros levantamentos realizados por policiais militares, os dois filhos do casal [o mais velho com sete anos e o mais novo com cerca de quatro anos] assistiram à violenta cena e saíram correndo pelo meio da rua gritando ‘mataram minha mãe’.

Os policiais militares que estavam de plantão na 3ª Companhia do 4º Batalhão da PM foram acionados por volta das 15 horas por moradores do povoado Belenzinho. O crime, conforme informações do soldado Ronycley Santos, ocorreu no quintal da residência do ex-companheiro da vítima, um agricultor identificado preliminarmente como José Alvaci Santos.

O agricultor figura como principal suspeito pelo crime e teria fugido pelos fundos da casa, alcançado um matagal. Os policiais realizaram buscas na região, mas não conseguiram localizá-lo. Foram disparados mais de um tiro, segundo os primeiros levantamentos da polícia. Um deles teria atingido as costas e há também sinais que a vítima foi alvejada na cabeça. As circunstâncias do crime serão investigadas pela polícia civil.

Outras mortes

O Instituto Médico Legal (IML) registrou outras seis mortes violentas no domingo, 21. Além deste, ocorreu mais um homicídio, duas mortes ocorridas em acidentes de trânsito, uma por afogamento e duas por queda.

Um homem, que permanece sem identificação no IML, também foi assassinado a tiros no bairro Santa Maria. Foram vítimas de acidente de trânsito Bruno Silva dos Santos, 22, em uma colisão entre uma motocicleta e um veículo de passeio ocorrida na Rodovia dos Náufragos, e Rosinete Maria de Jeus, 63, foi atropelada por uma motocicleta. Rosinete foi socorrida com vida, mas faleceu no Hospital Regional de Propriá.

Um outro homem ainda não identificado morreu afogado em Lagarto. Vítimas de queda, faleceram Hevelly dos Santos, de apenas quatro meses de idade, e a idosa Noemia Santana da Silva, 83, que estava internada no Hospítal de Urgência de Sergipe.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais