Mulher morre em crime misterioso na Zona Norte

0

Familiares e amigos no velório de Gilsa
Na manhã desta segunda-feira, 8, familiares e amigos lotaram um velatório localizado na rua Itabaiana para dar o último adeus a Gilsa Maria Raimundo, 49 anos, vítima de um crime que chocou a zona norte de Aracaju. Ela foi encontrada morta na região do Parque da Cidade com vários golpes de faca.

Segundo relato de familiares, Gilsa tinha um terreno no local e teria ido até lá para averiguar a notícia que havia recebido de que alguns homens estariam rondando o lugar. Ela foi com o neto de três anos, deixou a criança dentro de um barraco e não mais voltou.

A noite, sentindo a falta da sogra e do filho, o genro dela foi em busca dos dois no local do crime e encontrou apenas o menino dormindo no barraco enrolado em um pano. O próprio garoto disse ao pai que a avó pediu que ele ficasse quieto ali enquanto ela não voltasse.

Mais a frente, o genro encontrou o corpo da sogra e de um jovem que ainda não foi identificado pela família. A polícia trabalha com a suspeita de latrocínio (roubo seguido de morte).

Comentários