Mulheres são orientadas a como buscar ajuda em casos de violência

0
Roda de conversa aconteceu na seda da LBV nesta quinta, 28 (Foto: Ascom/LBV)

Mulheres assistidas pela Legião da Boa Vontade (LBV) foram orientadas nesta quinta-feira, 28, durante uma roda de conversa na sede da instituição, a como proceder em casos de violência. Segundo a Assistente Social da LBV, Camila Viana, o evento faz parte de uma campanha iniciada por ativistas do Instituto de Liderança Global das Mulheres, em 1991, e continua a ser coordenada anualmente com apoio da Organização das Nações Unidas (ONU).

Camila Viana explica importância do evento (Foto: Portal Infonet)

“Nós trouxemos representantes da Delegacia de Grupos Vulneráveis (DAGV) para orientar as mulheres que fazem parte da LBV, bem como a comunidade vizinha, sobre os diferentes tipos de violência que acometem as mulheres”, resume Camila Viana. Ela destaca que ações como essa têm o objetivo de expandir horizontes, ajudando a identificar todas as formas de desrespeito. “Buscamos conscientizar sobre a violência patrimonial, doméstica, moral, dentre outras. Queremos que as mulheres possam identificá-las e que saibam onde procurar ajuda”. detalha.

Sobre a campanha

Os 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres é uma campanha anual e internacional que começa no dia 25 de novembro, Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra as Mulheres, e vai até 10 de dezembro, Dia Internacional dos Direitos Humanos. No Brasil, a mobilização abrange o período de 20 de novembro a 10 de dezembro. É uma estratégia de mobilização de indivíduos e organizações, em todo o mundo, para engajamento na prevenção e na eliminação da violência contra as mulheres e meninas.

por João Paulo Schneider 

Comentários