Municípios preocupados

0

O plano de racionamento de energia elétrica deixou prefeitos do interior com mais uma preocupação: como conseguir o insumo para os festejos juninos? Todos eles iniciaram uma correria a procura de geradores de eletricidade, mas como a procura é grande não haverá o equipamento para todos. A Prefeitura de Aracaju, por exemplo, pretende alugar pelo menos dois desses equipamentos, já sabendo que o orçamento do Forrócaju fica mais caro em pelo menos R$ 46 mil, mais o custo do óleo diesel. Mais complicada é a situação de Areia Branca. A Prefeitura tem pendurada uma conta de R$ 170 mil reais junto à Energipe. Para ter energia no forródromo terá que pagar esta importância. Como não pode colocar transformadores na área, terá que apelar, para complementar a luz, aos geradores. Um dia de aluguel de gerador está custando R$ 2.000,00. Uma coisa é certa: o interessado terá que pagar pelos shows em Areia Branca. A princípio, o ingresso no forródromo estava orçado em R$ 1. Agora, com o racionamento, pode ser que o ingresso suba para R$ 2 por pessoa, por noite.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais