Muro desaba e água invade casas no bairro Cidade Nova

0
Dois muros caíram com a força da água e invadiram duas residências (Fotos: Portal Infonet)

“A chuva levou tudo das nossas casas restando só a nossa vida”. O desabafo é da dona de casa Maria Virgínia Santos, uma das moradoras que perdeu os móveis com as chuvas na madrugada desta sexta-feira, 17, no bairro Cidade Nova. Um muro desabou e as águas invadiram cinco residências chegando a uma altura de um metro.

A moradora Virgínia Santos conta que foi um momento de muito desespero, pois a água já chegava a uma altura de um metro e ela não conseguia abrir o portão de casa, pois acabou travando. “Perdi todos os móveis da minha casa e fiquei sem consegui deixar a casa. Um vizinho ouviu os nossos gritos e veio nos socorrer serrando o cadeado do portão. Quase morri afogada por causa da altura da água”, lembra Maria Virgínia.

Moradores afirmam que perderam todos os móveis

Na vila onde moram várias famílias a imagem é de destruição nas casas atingidas. Os moradores perderam todos os móveis que ficaram flutuando em meio a água que invadiu as residências. Segundo relato dos moradores, o acúmulo de água em uma construção no fundo das residências teria provocado o alagamento.

“Com as chuvas houve um grande acúmulo de água próximo ao muro que divide a construção e as casas. O muro não suportou as chuvas e nesta madrugada a água invadiu as residências levando tudo”, relata o morador Alex Mota.

Em uma das residências, o portão da casa amassou com a força da água e uma máquina de lavar que estava no quintal da residência foi arremessada para outra residência.

Moradores tiveram que saí por esse corredor

A moradora Lucimere Barreto conta que a sogra estava em sua residência quando ocorreu o alagamento. “A casa dela foi a mais atingida porque fica de frente. Se ela tivesse em casa teria morrido afogada. A casa dela ficou totalmente destruída. Não sei o que vamos fazer agora”.

Os moradores reclamaram  da demora do atendimento do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil para análise do local. “Queremos uma solução do problema, pois não sabemos a quem recorrer. Perdemos tudo e agora?”, questiona o morador José Siqueira.

Defesa Civil

O coordenador da Defesa Civil Municipal, Reginaldo Moura, informou que uma equipe já foi ao local para análise das casas. Ainda informou que os moradores não precisarão deixar as residências, pois não há risco de desabamento e uma nova contenção para o muro terá que ser feita.

Por Adriana Freitas e Kátia Susanna

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais